Bem-vindo

Quando em 1979 nos juntamos para realizar nossa primeira montagem, não imaginávamos o tamanho da estrada que tínhamos pela frente... Ao longo do percurso, acumulamos em nossa bagagem variados elementos e tendências das artes cênicas, que integravam o teatro, o circo, bonecos, música e folguedos da cultura popular brasileira.

No caminho da experimentação, pesquisa e oficinas, os Festivais de Inverno da UFMG, importante espaço de encontros e criação artística dos anos de 1980/90, foram determinantes para o desenvolvimento e fortalecimento do grupo. Ali, durante 12 anos, junto com outros artistas, criamos e desenvolvemos a Oficina de Circo, que misturava teatro, circo, dança e literatura, direcionada à formação de jovens.

O Teatro de Rua logo se mostrou como uma alternativa para o trabalho que começávamos a desenvolver; a rua nos abriu novas possibilidades de pesquisa e nos lançou na busca de novos conceitos da linguagem teatral. Seguindo nessa direção, a criação e circulação de pequenos esquetes, ágeis e dinâmicos, que ocupavam espaços múltiplos, foram também determinantes para a sobrevivência e experimentação do grupo.

Nessa persistente e desafiadora trajetória, alimentando sempre a utopia de se manter como grupo e trabalhar com formação artística, o Grupo Kabana comprou, em 1997, um galpão, antigo depósito de algodão da Cia Fiação e Tecelagem Minas Gerais, em Sabará. Esse galpão, que integra o conjunto fabril da Vila Marzagão, cenário do conto Sinhá Secada, de João Guimarães Rosa, foi fundamental para a estruturação do grupo e a consolidação da sua sede, a Estação de Arte Kabana, que se tornou um centro de pesquisa, experimentação, troca, formação e difusão de arte.

O Grupo Teatro Kabana mantém o seu núcleo central identificado nos artistas Mauro Xavier e Nélida Prado desde 1979, ano de sua primeira montagem.

A história do Kabana retrata a força do teatro de grupo, independente, vigoroso e que, resistente, chega até os dias de hoje.

Integrantes / parceiros / colaboradores

Mauro Xavier – Ator / Diretor
Nélida Prado– Atriz / Dramaturga
Pedro Delgado – Ator / Músico
Geovanne Sassá – Ator / Músico
Rubens Xavier – Ator
Léo Ladeira – Ator / Programador Visual
Sebastião Vieira – Ator / Bonequeiro / Cenógrafo
Cici Duarte – Cenotécnico
Marco Flávio Alvarenga – Preparador Vocal
Lira Xavier – Produtora

Espetáculos

Em Repertório

Os Olhos do Surubim Rei

"Eu tive um sonho, Claro como a luz do dia, Forte como um pé de vento, Calmo como o entardecer, Firme como a correnteza..." A montagem utiliza técnica de...

Ver mais...

A Ilha Desconhecida

"Ao meio dia, com a maré, a Ilha Desconhecida fez-se, enfim, ao mar, à procura de si mesma..." Uma fábula simples: Um homem do povo pede ao Rei um b...

Ver mais...

Eh Boi!

"Salve! Peço licença a este povo altaneiro, e a benção do senhor primeiro, prá contar aqui, com sotaque mineiro, um pouco da glória d...

Ver mais...


Outras Montagens

Os Amantes de Sherazade – 2010

Uma experimentação tecnofonovirtuomovieciclolascada. Por que contar histórias nos dias de hoje? Como mergulhar na arte de narrar em tempos imersos em tantas t...

Ver mais...

Ubu Rei - 2002

Adaptação do clássico de Alfred Jarry (1873-1907), com direção de Amaury Borges, Ubu faz uma crítica acirrada aos políticos brasile...

Ver mais...

A Exceção e a Regra - 1994

Inspirada na obra do dramaturgo alemão Bertolt Brecht a montagem do Grupo Kabana leva para ruas e praças um texto onde a dialética é essencial e faz uma...

Ver mais...